Blog
Web 2.0 + Indústria 4.0 = Pessoas 6.0

Originalmente publicado no Dinheiro Vivo

Acreditamos que, num mundo cada vez mais digital, o mais importante da tecnologia são as pessoas.

Psst! Tu aí! Sim, tu mesmo. Não a empresa onde trabalhas. Tu. Estou a falar contigo. Tu, que usas o Google para te ajudar nas decisões diárias. Tu, que vais ao Facebook e encontras anúncios ao que acabaste de pesquisar. Tu, que tens um smartphone dentro do bolso, estás habituado a boas interfaces e a hábitos de consumo de software adequados aos tempos. Tu, que podes experimentar produtos antes de os comprares e garantir que funcionam para ti. Tu, que os podes comprar depois dessa experiência e usá-los dentro da empresa de forma independente, sem grandes burocracias e processos de decisão longos. É contigo que estou a falar. É contigo que estamos a falar!

É isto que fazemos na Prodsmart todos os dias: falamos com as pessoas. Acreditamos que num mundo cada vez mais digital o mais importante da tecnologia são as pessoas. É por elas e para elas que desenvolvemos o nosso trabalho diário. A Web 2.0 é social. A Prodsmart também. Talvez por nos assumirmos como o batimento cardíaco da fábrica. Estas referências ao coração tornam-nos lamechas.

Isso reflete-se na forma como abordamos e nos relacionamos com os nossos utilizadores atuais e futuros. O vendedor B2B está morto no século XXI. Se a experiência de utilização e a forma como compramos (ou alugamos) software mudou na nossa vida pessoal, não há razão para estarmos agarrados a paradigmas com 40 anos no local de trabalho. Falamos diretamente com as pessoas dentro da organização e empoderamo-las. Damos-lhes capacidade de decisão rápida, processos de implementação de software curtos e feitos de forma autónoma, com um preço e um nível de serviço ajustados às suas necessidades e utilização. Mas a relação da Prodsmart com as pessoas não acaba aqui: somos uma camada de automação virtual que transforma qualquer linha de produção numa fábrica digital, unindo pessoas, processos e máquinas, transformando os operadores em knowledge workers e ajudando os gestores a tomar decisões informadas.

Sentimos que o conceito da Indústria 4.0 está profundamente quebrado. Demasiado focado em máquinas e dados e pouco focado em informação, processos e pessoas.

Contudo, a esmagadora maioria do tecido industrial mundial é composto por empresas muito pequenas, que não têm acesso ao nível de sofisticação que se propõe. O papel das pessoas é extremamente importante nas PME da manufatura. Levamos ainda esta capacidade de decisão ao comprador final: à pessoa que vai calçar aqueles sapatos estilosos, comer à colherada aquele gelado que causa brain freeze ou dormir a sesta na sua chaise longue de design italiano. Tudo isto é produção. Através da interligação de ecossistemas produtivos inteiros, que chegam ao comprador final, a Prodsmart dá a este a capacidade de escolher exatamente de que cor e forma quer os seus sapatos e iniciar todo o processo de produção, até que o produto final lhe chega à porta. Se se tiver enganado no número dos sapatos, pode sempre repetir o processo e encomendar agora umas palmilhas, também estas completamente à medida. A Web 2.0 é social. A Prodsmart também. Vamos socializar?

Fotografia: Miguel Pereira / Global Imagens

prev
next