Blog
Mãe, de onde vêm as canetas?

Já alguma vez se questionou de onde alguma coisa vinha? Como o que comeu hoje ao pequeno-almoço ou a cadeira onde está sentado agora mesmo?

Bem, eu sempre perguntei isso desde que me lembro. Tanto que acho que a minha mãe está ainda hoje cansada de responder a todas as minhas perguntas.

Por isso, em vez de a chatear outra vez, desta vez apanhei um voo e fui à Alemanha verificar com os meus próprios olhos de onde vêm as canetas. Acredite ou não, elas não vêm das árvores. 

Visitei a Learning Factory da Mit Uns Digital!, em Hannover, para saber finalmente como escrevo hoje em dia sem uma pena e tinta – tem menos classe mas é definitivamente mais prático. Claro, mesmo a indústria das canetas sofreu várias evoluções nas últimas décadas e aquilo que eu vou descrever é provavelmente Pen Creation 4.0. Nós gostamos disto do “Qualquer Coisa” 4.0.

Mit Uns Digital! é parte de diversas organizações e iniciativas como a Netzwerk Industrie 4.0 Nierdersachsen e a Mittelstand 4.0 Kompetenzzentrum Hannover, esta última criada pelo Ministério da Economia em Niedersachsen. Brevemente daremos mais notícias sobre o trabalho que estamos a desenvolver em conjunto.

1º Passo – Personalização e QR code: algumas décadas atrás provavelmente precisava de outra caneta para escrever numa caneta. Mas agora só precisa de um ecrã, de um teclado e de um rato e pode escrever e apagar qualquer coisa que queira e mesmo personalizar todas as cores. Esta foi a nossa forma de celebrar o facto de termos ganho o Euro 2016. Portugal ainda não produz canetas como estas mas damos à luz campeões europeus. ⚽️

Customised pen

2º Passo – O tabuleiro e o registo do trabalho: depois do processo de configuração, vem o “tabuleiro dos biscoitos”. Na verdade o tabuleiro não vai ao forno mas irá validar se tem todas as peças necessárias para criar a caneta com que sempre sonhou.

IMG_2846

Pen cradle

3º Passo – Corte: nunca foi tão viciante ver vezes sem conta alguma coisa ser cortada como esta bonita caneta!

4º Passo – Escolher os componentes: pode escolher QUALQUER COISA, mesmo a mola! Não há máquinas aqui mas os seus dedos fazem o trabalho igualmente.

Choosing the components

Choosing the components

5º Passo – Gravação a laser personalizado: desculpe pelo vídeo não tão sexy e desfocado abaixo mas prometo-lhe que isto é espectacular. Afinal estará a deixar a sua marca no mundo (mesmo que seja uma caneta)!

6º Passo – Robot de controlo de qualidade: eles têm mesmo o seu próprio robot para garantir que a sua caneta é nada menos que perfeita!

7º Passo – A caneta finalizada: apenas uma caneta para alguns, A CANETA para si. Lembre-se, ela é única neste mundo e mais de 27 milhões de canetas são feitas todos os dias. Deve ficar orgulhoso.

Euro Champions!

O Principal Passo – A equipa: pode ter dezenas de robots e máquinas mas estes senhores têm o conhecimento e o bom gosto para criar canetas bonitas. No que toca a avaliação de beleza, o ser humano ainda é melhor.

The team

Obrigado Mit Uns Digital!, nomeadamente Karl Doreth e Michael Rehe, Marian Koller (Netzwerk Industrie 4.0) e Thorsten Schwanert (Ministério da Economia em Niedersachsen) por me terem recebido. Esperamos colaborar no futuro de diversas formas.  ✌️

prev
next

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close