Blog
Mãe, de onde vêm as canetas?

Já alguma vez se questionou de onde alguma coisa vinha? Como o que comeu hoje ao pequeno-almoço ou a cadeira onde está sentado agora mesmo?

Bem, eu sempre perguntei isso desde que me lembro. Tanto que acho que a minha mãe está ainda hoje cansada de responder a todas as minhas perguntas.

Por isso, em vez de a chatear outra vez, desta vez apanhei um voo e fui à Alemanha verificar com os meus próprios olhos de onde vêm as canetas. Acredite ou não, elas não vêm das árvores. 

Visitei a Learning Factory da Mit Uns Digital!, em Hannover, para saber finalmente como escrevo hoje em dia sem uma pena e tinta – tem menos classe mas é definitivamente mais prático. Claro, mesmo a indústria das canetas sofreu várias evoluções nas últimas décadas e aquilo que eu vou descrever é provavelmente Pen Creation 4.0. Nós gostamos disto do “Qualquer Coisa” 4.0.

Mit Uns Digital! é parte de diversas organizações e iniciativas como a Netzwerk Industrie 4.0 Nierdersachsen e a Mittelstand 4.0 Kompetenzzentrum Hannover, esta última criada pelo Ministério da Economia em Niedersachsen. Brevemente daremos mais notícias sobre o trabalho que estamos a desenvolver em conjunto.

1º Passo – Personalização e QR code: algumas décadas atrás provavelmente precisava de outra caneta para escrever numa caneta. Mas agora só precisa de um ecrã, de um teclado e de um rato e pode escrever e apagar qualquer coisa que queira e mesmo personalizar todas as cores. Esta foi a nossa forma de celebrar o facto de termos ganho o Euro 2016. Portugal ainda não produz canetas como estas mas damos à luz campeões europeus. ⚽️

Customised pen

2º Passo – O tabuleiro e o registo do trabalho: depois do processo de configuração, vem o “tabuleiro dos biscoitos”. Na verdade o tabuleiro não vai ao forno mas irá validar se tem todas as peças necessárias para criar a caneta com que sempre sonhou.

IMG_2846

Pen cradle

3º Passo – Corte: nunca foi tão viciante ver vezes sem conta alguma coisa ser cortada como esta bonita caneta!

4º Passo – Escolher os componentes: pode escolher QUALQUER COISA, mesmo a mola! Não há máquinas aqui mas os seus dedos fazem o trabalho igualmente.

Choosing the components

Choosing the components

5º Passo – Gravação a laser personalizado: desculpe pelo vídeo não tão sexy e desfocado abaixo mas prometo-lhe que isto é espectacular. Afinal estará a deixar a sua marca no mundo (mesmo que seja uma caneta)!

6º Passo – Robot de controlo de qualidade: eles têm mesmo o seu próprio robot para garantir que a sua caneta é nada menos que perfeita!

7º Passo – A caneta finalizada: apenas uma caneta para alguns, A CANETA para si. Lembre-se, ela é única neste mundo e mais de 27 milhões de canetas são feitas todos os dias. Deve ficar orgulhoso.

Euro Champions!

O Principal Passo – A equipa: pode ter dezenas de robots e máquinas mas estes senhores têm o conhecimento e o bom gosto para criar canetas bonitas. No que toca a avaliação de beleza, o ser humano ainda é melhor.

The team

Obrigado Mit Uns Digital!, nomeadamente Karl Doreth e Michael Rehe, Marian Koller (Netzwerk Industrie 4.0) e Thorsten Schwanert (Ministério da Economia em Niedersachsen) por me terem recebido. Esperamos colaborar no futuro de diversas formas.  ✌️

prev
next