Academia Prodsmart
Nivelamento da produção

Mesmo que seja tudo igual, não é tudo igual. Há desastres  imprevistos, falhas inerentes e uma tendência muito alta para fazer estimativas erradas. Devemos cruzar os braços e permitir que esses fatores continuam a causar perdas nos nossos negócios? Não, é por isso decidimos escrever este artigo sobre como nivelar a produção.

 

O que é nivelamento de produção?

Suavização de produção ou nivelamento de produção, é o processo pelo qual as empresas satisfazem a procura existente pela parte dos seus clientes, reduzindo os desperdícios na produção ao mínimo, seja na forma de custos de capital, mão de obra ou prazos de produção.

O nome nivelamento de produção, vem da palavra japonesa “Heijunka”, que significa “nivelamento” e é uma estratégia que visa a eliminação de desperdícios.

O objetivo do processo é produzir bens a uma taxa constante, para que na tentativa de ir ao encontro de uma procura mais elevada, o processamento extra seja feito de acordo com uma taxa uniforme e previsível. Este processo, de acordo com especialistas, é mais facilmente implementado na linha de produção final para minimizar as flutuações na produção.

 

Abordagens de nivelamento da produção

 

Nivelamento de volume

Imaginemos que é um produtor de telefones móveis e recebe uma ordem para produzir 500 exemplares do seu equipamento, por semana, a um determinado cliente: 200 telefones na segunda-feira, 100 na terça-feira, 50 na quarta-feira, 100 na quinta-feira e 50 na sexta-feira.

Tudo o que deve fazer é seguir o princípio de nivelamento da procura e guardar em stock 100 exemplares para entregar na segunda-feira seguinte. Assim, terá sempre telemóveis suficientes para entregar nas manhãs de segunda-feira. Nos restantes dias da semana, a sua equipa produziria diariamente 100 equipamentos de forma constante, o que reduziria os custos de capital e de outros processos produtivos.


Nivelamento do produto

Vamos agora supor que produz diferentes tipos de produtos eletrónicos, o que pode ser uma tarefa difícil de gerir. Este desafio, no entanto, pode ser contrabalançado pela redução de tempo entre as aquisições de equipamentos, permitindo o armazenamento. Assim, não só é possível reduzir custos, como também ajuda a nivelar o Lead time e as quantidades de stock.

 

A caixa Heijunka

Heijunka é a chave para reduzir o Lead time nas organizações. Quando isto é feito corretamente e os produtos são fornecidos no prazo adequado, os fabricantes conseguem satisfazer melhor a procura real existente. Engloba o Takt time, um ritmo de trabalho mais lento e consistente e a realização de inventário do armazenamento existente sempre que tal for necessário.

 

Conclusão

O conceito de nivelamento da produção pode parecer abstrato à primeira vista e recôndito a seguir. No entanto, não é exactamente assim. Falar com profissionais especialistas  no assunto pode ajudar. Se estiver interessado, pode começar por aqui.

prev
next

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close